Navegar por tag

Itália

O JARDIM DO HOTEL FOUR SEASON FIRENZE

16 de setembro de 2016
1

Hospedar-se no Four Seasons Firenze, com certeza é uma experiência inesquecível!

Conhecido como uma das joias da hotelaria italiana, o hóspede respira arte e história por onde passa. Com seus ambientes deslumbrantes, afrescos originais, antiguidades de valor inimagináveis e, de uma riqueza arquitetônica e histórica como poucos no mundo.

O Four Seasons situa-se no coração do maior jardim privado de Firenze, chamado Le Giardino della Gherardesca, nome da família que foi dona do local de 1607 a 1859 e, é a mais bela área verde da margem direita do Rio Arno, é um jardim botânico cheio de espécies raras e muitas delas plantadas pelos próprios dono há alguns séculos atrás.

 

img_1374

 

img_1721

 

img_1750

 

img_2526

Desbravar este jardim é uma viagem ao passado e elegância Fiorentina, é uma imersão no mundo das artes. São tantas as esculturas e obras de arte espalhadas por todo o jardim, com diferentes estilos e gêneros que aguçam vários sentidos e emoções.

img_1364

 

img_1390

 

img_1392

 

img_1369

 

img_1366

Então imaginem que sonho um casamento nesta paisagem digna da realeza?

Pois é, os mais imponentes e luxuosos casamentos da Toscana são realizados neste jardim, no fim de semana da nossa hospedagem foram 2 matrimônios com noivos vindos de Dubai e outro casal vindo da Rússia, simplesmente um sonho!

O melhor horário para passear entre os jardins, apreciando sua beleza e as lindas obras de arte espalhadas por todo o terreno é no fim da tarde, quando a luz é perfeita para uma sessão fotográfica. Claro que não perdi esta oportunidade e durante este passeio incrível, registramos alguns momentos que ficarão guardados para a eternidade.

img_1635

 

img_1479

 

img_1453

 

img_1452

 

img_2312

 

img_2408

 

img_2455

 

 

 

 

Enjoy

Beijos

Manu

ITÁLIA, PÁTRIA DO LIMONCELLO

27 de maio de 2016
DESTAQUE

Hoje o nosso Post fala sobre uma das bebidas mais típicas da Itália o Limoncelo, e o nosso sommelier Willian traz uma entrevista muito interessante com Alessandro Saba, produtos italiano de Limocello. Confira!

A Itália, país de tantos encantos, terra de vinhos inesquecíveis e de uma gastronomia ímpar.  Quando pensamos na Itália essas e outras coisas nos vem à mente. Aromas e sabores são partes integrantes do cotidiano nacional e dentro desta gama de possibilidades, uma bebida milenar, muito difundida na região do golfo de Nápoles, na Costa Amalfitana e nas ilhas de Ischia e Capri, vem ganhando destaque nos últimas décadas. Graças a grandes empresas fabricantes de bebidas, o Limoncello que até uns 30 anos atrás era apenas um digestivo produzido artesanalmente pelas matriarcas italianas, deixou esse status para se tornar uma constante nos bares e principalmente nos restaurantes italianos.

E para falar deste licor, nada melhor do que conversar com quem o conhece muito bem. O Chefe e proprietário do Restaurante Vittorio Emanuele II, Alessandro Saba, italiano radicado no Brasil, além de conhecer muito bem este licor, é produtor de Limoncello em solo tupiniquim.  Assim, em um final de tarde bem agradável, Saba me recebeu em seu restaurante para descontraidamente falarmos desta bebida.

Relatou que desde cedo aprendeu com seu avó a fabricar artesanalmente o Limoncello e anos mais tarde, a frente do seu restaurante na cidade de Londrina, começou a produzir o licor em pequena escala, como forma de agraciar os clientes no final da refeição. E o que era apenas um regalo, foi ganhando outra dimensão e no último ano abriu um empresa para fabricação em escala industrial. Relata que ainda está nos primeiros passos, produzindo uma média de 200 garrafas mensais e logo estará fornecendo para outros Estados.

 

001

Para ter sucesso na sua empreitada, manteve o alicerce de sua receita tradicional aliado ao cuidado na preparação. A embalagem não poderia destoar do conteúdo. A garrafa de vidro produzida na Itália, tem um design único e elegante. Saba diz que a espessura do vidro ajuda a manter o liquido intacto em temperatura negativa (essa uma das melhores forma de servi-lo).

Um preparo aparentemente simples feito de casca de limão fermentada, álcool de cereais e açúcar se torna um saboroso licor, mas não se enganem. Já provei alguns exemplares Made in Itália e não encontrei os mesmos atributos sensoriais que o Limoncello do Chefe Alessandro Saba. Sua textura mais densa o torna muito agradável. A acidez corretamente equilibrada com o açúcar ressalta um frescor atrativo e persistente, sem contar com os cítricos que nos faz desejar o próximo gole.

 

IMG-20160512-WA0017

Salve a Itália. Um brinde ao Limoncello.

William Máximo

Sommelier